Veneza - Italia

UM JORNAL DE PRIMEIRA. SEMPRE!

PERFIL    CONTATO    DMCA

PRIVACIDADE    TERMOS

@CLARIMNEWS.NET

ÚLTIMAS NOTICIAS

CURIOSIDADES

DESTAQUES

TURISMO

ESPORTES

VIVER A PLENITUDE

© 1999 - 2022 - CLARIM NEWS - Fiel a Verdade dos Fatos. Todos os direitos reservados - Segurança e privacidade.

OS ÓRGÃOS DE IMPRENSA " A MÍDIA ESQUERDALHA"
DEVEM SER RESPOSABILIZADOS CIVEL E CRIMINALMENTE 


O que no começo era tido como "pandemia" de uma doença que começa a tomar conta do mundo no final de 2019, chegou ao Brasil entre meios do "carnaval de 2020", assustando toda a população brasileira, masm muito pior que a doença estava para acontecer, não bastasse o Coronavirus.

O novo coronavirus, descoberto em dezembro de 2019, recebeu o nome de SARS-CoV-2 (sigla do inglês que significa coronavirus 2 da síndrome respiratória aguda grave), cuja doença recebeu a denominação pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de COVID-19 (do inglês coronavirus disease 19).

Bem estava ai o enfrentamento do bem contra o mal, luta travada abertamente, ou seja, bastou o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro ter contraído o "covid 19" e ter sido curado com medicamentos como "Ivermectina, Hidrocloroquina e Cloroquina", e ter anunciado sua cura com estes medicamentos; tornou-se uma guerra dos pseudos comunistas contra os defensores da Família, Pátria e Deus.

O Ministério da Saúde confirmou, no dia 26 de fevereiro de 2020, o 1º caso de COVID-19, a infecção viral pelo novo coronavírus, no Brasil. O primeiro teste realizado em 24 de fevereiro no Hospital Israelita Albert Einstein deu positivo. O hospital, então, enviou a amostra para o laboratório de referência nacional, o Instituto Adolfo Lutz, para contraprova. Confira o FAQ que preparamos sobre a doença baseada nas informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), Centers for Disease Control and Prevention (CDC) e do nosso infectologista, dr. Fernando Gatti de Menezes.

O Hospital Israelita Albert Einstein reforça que os padrões de conduta em todas as situações têm como foco preservar a segurança de todos os pacientes da instituição e manter a excelência nos atendimentos de qualquer natureza. Caso tenha dúvida sobre seu estado de saúde em relação ao novo coronavírus (COVID-19), pode acessar aqui a autoavaliação digital e saber mais sobre como proceder em cada situação.

Em 17 de janeiro de 2021 a vacinação teve início em São Paulo com a CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Saiba mais a respeito das vacinas e o processo de vacinação: https://vidasaudavel.einstein.br/coronavirus/covid-19-faq/

A impresa no Brasil captaneada pela "Rede Globo", montou plantão diarimente reproduzindo "fake news" aleatoriamente, colocando a população em pânico e criando terror, pois numa parceria diabolica com os prefeitos e governadores comunistas do Brasil, alardeavam para os quatro cantos do universo, que a próxima vítima será você se não tomar a "vachina", "SEM COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA", ou seja, a mídia esquerdalha malhando noite e dia sem parar nas mentes das pessoas; logo, aquilo incurtiu de tal forma que as pessoas já estavam tomadas pelo medo de sair as ruas.

Impuseram uma forma brutal de cercear a liberdade das pessoas e prefeitos e governadores, por força de uma Suprema Corte, totalmente comprometida com as ideologias comunistas, julgaram ações dando autonomia aos prfeitos e governadores nas edições de "DECRETOS COM FALSOS PODER DE LEI" como se tivessem força de Lei, ou seja, proibindo as pessoas de sairem as ruas, trabalharem e de se locomoverem, arbitrariamente, ao arrepio da CONSTITUIÇÃO FEDERAL, que diz, em seu artigo 5º:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; 

XV - é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens;

LXVIII - conceder-se-á habeas corpus sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder;

Na verdade foi uma enxurrada de prisões ilegais captaneados pelo Supremo Tribunal Federal que ao invadir sua competencia, ainda promoveu uma verdadeira desordem em sede das administrações, municipais, estaduais e federal, criando verdadeira cizania entre os políticos que defendem a nefasta ideologia comunista no Brasil.

Estava alastrado em todo o Brasil o domínio da Mídia Comunista contra os Conservadores de "direita", ou seja, a imprensa esquerdalha publicando "fake news" de instante a instante, criando nas pessoas um terror dos infernos, e amedrontrados, um a um foram se acorvadando e tornando-se, aos poucos, escravos dos psicopatas da imprensa, quase que obrigando as pessoas a tomarem as nefastas "vachinas" que foram proibidas em vários países do mundo, e na europa principalmente.

Aos poucos, os médicos e cientistas foram readquirindo suas forças como profissionais e técnicos do ramo da saúde, e lentamente começaram a esboçar todo o saber científico à favor da humanidade, alertando para "NÃO TOMAREM NENHUM TUPO DE VACHINA", mas aqui no Brasil, a imprensa esquerdalha maligna, dominadora desde o inicio da "pandemia", ficou mais forte e para desespero da população a mídia comunista apresentava milhares de mortes em suas supostas reportagens, simplesmente um horror!

A "mídia esquerdalha" adepta do comunismo e de sua implantção no Brasil, defintivamente; num trabalho diabólico distorciam os números, forçando para que as "vachinações" chegassem até aos jovens e adolescentes, onde na verdade, a população foi tomando consciencia das estupidezas dos jornalistas e repórteres que manipulavam números e dominavam quais os medicamentos as pesoas deveriam de utilizar, quase que obrigando os médicos a receitarem o que eles achavam por bem, "novalgina e dipirona".

O que no começo era uma "pandemia", aos poucos fomos descobrindo tratar- se de um enorme golpe contra os povos do mundo no estilo bem apropriado de uma nefasta "FRAUDEMIA",  o pior, é que não temos a quem recorrer, pois no Brasil, o Poder Judiciário faz parte desta trama diabólica para o exterminio de pessoas, mas tudo em nome da ciência.

Assim, temos que a "MÍDIA PERVERSA ESQUERDALHA", deve sim, ser responsabilizada pela dsinformação que levou as mortes de todos os jovens que após tomarem a "VACHINA" vierama óbtido, pois desde quando jornalistas e repórteres são médicos ou cientistas, por isso devem responder, civel e penalmente por seus ilicitos de induzirem as pessoas, seus espctadores, suas vítimas à morte. O difícil é saber em que Tribunal deveremos de buscar o espírito da vedadeira JUSTIÇA, porque nossos DIREITOS, foram violados por corruptos, ladrões e assassinos.

da Redação