UM JORNAL DE PRIMEIRA. SEMPRE!

© 1999 - 2021 CLARIM NEWS - Fiel a Verdade dos Fatos. Todos os direitos reservados - Segurança e privacidade.

PERFIL    CONTATO    DMCA

PRIVACIDADE    TERMOS

@CLARIMNEWS.NET

CATEGORIAS

ÚLTIMAS NOTICIAS

CURIOSIDADES

DESTAQUES

CIDADES EM NOTICIAS


TURISMO

ESPORTES

VIVER A PLENITUDE

NOTICIA QUE OS COMUNISTAS - SOCIALISTAS E JORNALISTAS MILITANTES ODEIAM:
Ivermectina para COVID-19: metanálise em tempo real de 65 estudos

PREFEITURA DE GUARUJÁ RETOMA PARTE DO ENSINO 100% PRESENCIAL 

Novembro Azul: confira a programação da população masculina de Bertioga

IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE DRENAGEM NA REGIÃO DO CEMITÉRIO

NOVOS ACESSOS À PRAIA SÃO REALIZADOS NA CIDADE NOVA PERUÍBE

Centro Histórico de Santos fica repleto de atrações neste fim de semana

Violência contra a mulher é tema de debate e de livro lançado em Santos

Pistas de skate de Praia Grande são destaque na Região

Prefeitura prorroga uso das licenças temporárias de ambulantes concedidas no início do ano

Prefeitura realiza limpeza contínua dos rios em ação preventiva

Itanhaém protocola junto ao DER projeto para instalação de câmeras OCR no municipio

Prefeitura instala rotatória na interligação entre Jardim Rio Branco e Vila Samaritá

Evento da Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho traz diversas reflexões

Estados Unidos: Suprema Corte anula a vacinação universal

Os especialistas americanos em doenças infecciosas Bill Gates,  Antoni Fauci e Big Pharma perderam uma ação judicial na Suprema Corte dos EUA, não conseguindo provar que todas as suas vacinas nos últimos 32 anos eram seguras para a saúde dos cidadãos!

O processo foi iniciado por um grupo de cientistas liderado pelo senador Robert F. Kennedy Jr. que disse:

"A nova vacina Covid deve ser evitada a todo custo. "

Chamo urgentemente sua atenção para questões importantes relacionadas com a próxima vacinação Covid-19.

Pela primeira vez na história da vacinação, as chamadas vacinas mRNA de próxima geração interferem diretamente no material genético de um paciente, alterando assim o material genético individual, que é a manipulação genética, que já era proibida e anteriormente considerada um crime.

A vacina contra o coronavírus não é uma vacina, lembre-se!

O que sempre foi uma vacina? Foi sempre o próprio patógeno, um micróbio ou vírus que foi morto ou atenuado, ou seja, enfraquecido, e introduzido no corpo para produzir anticorpos. Não é sequer uma vacina contra o coronavírus! Não é só isso! Faz parte do mais novo grupo de mRNAs (mRNAs), supostamente "vacinas". Uma vez dentro de uma célula humana, o mRNA reprograma o RNA e o DNA normal, que começa a produzir outra proteína.

Em outras palavras, nada como as vacinas tradicionais! Em outras palavras, é um instrumento de influência genética, é uma arma genética! Em outras palavras, eles iriam destruir os terráqueos e os sobreviventes iriam se tornar OGM.Como resultado das vacinas sem precedentes do mRNA, as pessoas vacinadas não serão mais capazes de lidar com os sintomas da vacina.

As pessoas vacinadas terão que aceitar as conseqüências, pois não podem mais ser curadas pela simples remoção das toxinas do corpo humano, tais como uma pessoa com um defeito genético como a síndrome de Down, a síndrome de Klinefelter, a síndrome de Turner, a insuficiência cardíaca genética. (por exemplo, hemofilia, fibrose cística, síndrome de Rett, etc.), porque o defeito genético é eterno! Isto significa claramente: se um sintoma de vacinação se desenvolver após a vacina do mRNA, nem eu nem qualquer outro terapeuta poderemos ajudar, pois os danos causados por este tipo de vacinação serão geneticamente irreversíveis.

Fonte:- https://1scandal.com/etats-unis-la-cour-supreme-annule-la-vaccination-universelle/

ALÉM DAS MORDOMIAS COMPARADO AOS DEUSES,
A TIRANIA ESTÁ PRESENTE NESTE PRÉDIO!

QUEM DIRIA: O MAIOR INIMIGO DE SEU POVO, É SUA SUPREMA CORTE DE JUSTIÇA: STF

A variante Ômicron do coronavírus não deve ser motivo para pânico. É o que disse a cientista-chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), Soumya Swaminathan. Ela afirmou, contudo, que a nova cepa é muito transmissível.

“Precisamos estar preparados e cautelosos, não entrar em pânico, porque estamos em uma situação diferente de um ano atrás”, explicou Soumya em uma entrevista à Reuters nesta sexta-feira, 3.

A médica disse esperar que a nova cepa cause efeitos “mais brandos”. Entretanto, a cientista comentou que ainda “é muito cedo para tirar conclusões sobre a variante como um todo”.

Ômicron não é motivo para pânico, afirma especialista da OMS

O TORPOR-COMATOSO que representa a IDEOLOGIA COMUNISTA: que já matou mais de 120 milhões de pessoas onde foi implantado e a destruição total como é o caso de: Cuba, Venezuela, Argentina, China - PCC, Coreia do Norte, Vietinã,e outros tantos países que seu povo sobrevive sob a linha da miséria.

Uma grande vitória para a liberdade. 
A Suprema Corte derrubou a vacinação universal.

"Vencemos mais um dia. Que Deus em Sua grandeza, ouça nossas orações e nos dê um amanhã de grandes respostas. Amém!"

A gravidade pela imposição do veneno apelidado de vacina ou "vachinas"  . Divulguem... você também é reponsável !
Não seja cúmplice desses globalistas genocidas, que matam familiares queridos, e,
ainda ganham fortunas, dividindo lucros com esquerdistas sem escrúpulos que proíbem o tratamento preventivo, bem como o precoce.

Problema resolvido: Pfizer lança "Pfizermectine" para profilaxia da covid.
(vulgo "tratamento precoce")

Mas como uma grande parte do mercado americano rejeitou as vacinas, a Pfizer precisa de outro medicamento que possa ser usado para tratá-las também (caso contrário, a empresa perderá quase um terço do mercado americano).

De acordo com a Reuters , a Pfizer disse na segunda-feira que "iniciou um grande estudo testando seu medicamento antiviral oral experimental para a prevenção da infecção por COVID-19 entre aqueles que foram expostos ao vírus".

A Pfizer não é a única farmacêutica que espera desenvolver um tratamento profilático para a exposição a COVID (especialmente porque as variantes levantam a possibilidade de que a vacinação pode não ser suficiente). A Merck e a rival suíça Roche estão correndo para desenvolver uma pílula antiviral fácil de administrar - então o tempo está passando para a Pfizer.

O PRIMEIRO CASO DE ASSASSINATO POR VACINA DO MUNDO CONTRA BILL GATES,
ADAR POONAWALLA, APRESENTADO NO SUPREMO TRIBUNAL DA ÍNDIA

Pandemia e estigma: nota sobre as expressões "vírus chinês" e "vírus de Wuhan"
A FESTA PAGÃ!

A FESTA DA CARNE!
VAIS COMEMORAR O QUÊ?
AS MAIS DE 600 MIL MORTES POR COVID-19 NO BRASIL?

HIPOCRISIA: E A FARSA DA PANDEMIA!
HAVERÁ CARNAVAL NO BRASIL?
A OMS confirma a variante do Omicron Covid-19 em 23 países.

Em 5 de janeiro de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) difundiu seu primeiro boletim sobre uma pneumonia de origem desconhecida, identificada na China em 31 de dezembro de 2019. A doença contava à época, segundo o governo chinês, 44 casos, sendo 11 deles graves, todos detectados na cidade de Wuhan, na província de Hubei, envolvendo comerciantes de um mercado de animais vivos que já teria sido fechado. O surto posteriormente transformou Wuhan em epicentro de uma pandemia, e deu origem às expressões "vírus chinês" ou "vírus de Wuhan".
Oficialmente, porém, primeiro a doença foi referida como do "novo coronavírus", sendo depois batizada em definitivo como "Covid-19", proveniente do inglês "COrona VIrus Disease" e do seu já citado ano de aparição. Diante do aumento da difusão global de notícias sobre a doença e a sua crescente propagação internacional, multiplicaram-se os casos de discriminação e de violência contra populações asiáticas, inclusive contra migrantes e seus descendentes radicados no Ocidente.

Bill Gates e o CEO do Serum Institute, Adar Poonawalla, acusados em processo legal de serem conspiradores que intencionalmente empurraram o tiro inseguro do COVID contra a população indiana.

Acusações de assassinato foram feitas contra Bill Gates e o fundador do Serum Institute em um tribunal superior na Índia por seu papel na promoção da vacina COVID, depois que um homem de 23 anos morreu logo após tomar a injeção, de acordo com relatórios.

Da Ordem dos Advogados da Índia

A OMS alerta contra 'mistura tóxica' de baixa cobertura de vacinas e testes em meio ao susto da Omicron